Siga esses 4 passos simples para marcar uma consulta em nossa plataforma

Digite seu endereço no banner ao lado

Digite seu endereço ou bairro no banner fixo ao lado

Confira a lista de profissionais mais bem avaliados em sua região

Confira a lista de profissionais mais bem avaliados em sua região

Mostramos a agenda dos profissionais com dias e horários disponíveis

Mostramos a agenda dos profissionais com dias e horários disponíveis

Agende sua consulta em um clique

Agende sua consulta em um clique hoje mesmo com o Consulta Ideal

Encontre o dentista mais perto de você agora mesmo!

Não sei meu cep

Assim que digitar seu CEP, vamos te mostrar uma lista com os dentistas próximos a sua região.

Confira os benefícios de marcar uma consulta em nossa plataforma

Agendamento mais rápido

Agendamentos mais rápidos sem complicação

Encontre os melhores profissionais em um só lugar

Encontre os melhores profissionais em um só lugar

Facilidade e rapidez no atendimento

Facilidade e rapidez no atendimento

ENCONTRAR CLÍNICAS
dentista infantil
dentista infantil

dentista infantil

Odontopediatria: quando começar a consultar o dentista infantil?

O dentista infantil, conhecido odontopediatra, é um especialista em odontologia dedicado a saúde bucal de bebês, crianças e adolescentes. Ele é especializado em lidar com essas faixas-etárias, pois consegue com facilidade trabalhar com a insegurança e medo em relação à ele mesmo. Mas, independentemente desse medo, é indicado que elas sejam levadas ao dentista infantil com certa regularidade, começando a consultá-lo a partir dos 6 meses de vida.

Durante a gestação, os pais já devem procurar um dentista infantil de confiança para que os tratamentos dentários comecem a ser feitos logo nos primeiros meses de vida. Nesse período, os pais poderão se informar melhor sobre como exercer a saúde bucal do bebê, conseguindo lidar da forma correta com a erupção dos dentes. O odontopediatra irá avaliar a boca do bebê e, a partir disso, conseguirá fazer as orientações corretas para que os pais não cometam nenhum erro com os cuidados bucais. Além disso, ele consegue ajudar em relação as questões de como tomar atitudes em relação ao incômodo que o bebê sofre durante o processo de erupção dos dentes.

A partir dessa idade, já é recomendado que a criança seja levada ao dentista com certa regularidade, pois cada fase da infância precisa de cuidados específicos com a saúde bucal. Durante os 2 e 3 anos de vida, a criança já estará com toda a dentição decídua completa, então precisa começar a criar os hábitos de escovação pois mesmo que os dentes sejam de lente, eles ainda precisam de cuidados e podem estar suscetíveis às mesmas lesões que um dente permanente. Por esse motivo, é importante que o dentista infantil seja consultado de 6 em 6 meses para que consiga se evitar o aparecimento de cáries e acompanhar o desenvolvimento dos dentes.

Quando a criança já está com 6 anos, ela começa a perder os dentes de lente e ganhar seus primeiros dentes permanentes. Ao se consultar com regularidade com o dentista infantil, ele consegue garantir que os novos dentes nasçam com saúde, além de intervir caso alguma má oclusão ou desenvolvimento ósseo facial inapropriado venha a acontecer.

Ao chegar nos 13 anos de idade, todos os dentes da boca do adolescente já serão permanentes. O dentista infantil tem o importante papel de informá-lo e ressaltar a importância desses dentes, e dos cuidados que devem ser tomados diariamente, pois eles não poderão ser substituídos iguais aos dentes de leite, serão únicos para o resto da vida. Nessa fase, o adolescente começa a entrar na puberdade, ocasionando em diversas modificações emocionais e, principalmente, corporais, e, talvez, deixará um pouco de lado os cuidados com a saúde bucal para se preocupar com essas mudanças. A ida de 6 em 6 meses ao dentista infantil ajuda no controle dos cuidados, e ainda consegue motivar e orientar o adolescente em relação aos cuidados de prevenção de cáries e outras doenças odontológicas.

Durante a faixa dos 17 a 21 anos, época que é finalizada as consultas com o dentista infantil, o adolescente sofre com a erupção dos dentes do siso na boca. Muitos deles sofrem incômodos na região que é difícil para ser higienizada. Por esse motivo, o dentista infantil deve ser consultado para que se tenha a orientação do melhor tratamento para ser realizado. Essa é a fase de transição das consultas com o odontopediatra, para o dentista normal.

Quais tratamentos o dentista infantil exerce?

Profilaxia a limpeza dentária

Feita não somente pelo dentista infantil, a profilaxia, conhecida também como limpeza dentária, é o mais comum e importante tratamento clínico exercido nos consultórios odontológicos. Ele consiste na remoção das placas bacterianas e do tártaro dos dentes, ajudando na prevenção de doenças como cáries, gengivite e etc, e mantendo a boa saúde bucal da criança ou adolescente. É recomendada a ser feita de 6 em 6 meses, mas, se possível, de 3 em 3 seria um período de tempo ainda mais adequado.

O procedimento é simples, consistindo em apenas 4 passos, sendo eles:

  • Tartarectomia;

  • Jateamento;

  • Escovação;

  • Aplicação de Flúor.

Durante a tartarectomia, o dentista infantil utilizará o ultrassom ou instrumentos curetas para fazer a raspagem dos tártaros. Em seguida, é feito o jateamento, que consegue remover toda a placa bacteriana e tártaro, além de proteger e polir os dentes. Se necessário, o dentista infantil faz a escovação completa. Ela consiste na utilização de uma escova elétrica e uma pasta de dente profissional. E, para finalizar, o flúor é aplicado, que tem como objetivo devolver os minerais e fortificar os dentes.

Cáries

O aparecimento de cáries nos dentes é bastante comum durante o período da infância. Elas estão relacionadas à desmineralização dos dentes, que ocorre quando tipos específicos de bactérias produzem ácidos que conseguem destruir o esmalte dentário e a dentina, camada do dente que se localiza logo abaixo do esmalte.

Os sintomas são comuns, variando entre: dor de dente, dor ao mastigar e sensibilidade ao ingerir alimentos e líquidos, tanto frios como quentes. A maior causa desse problema é a precariedade da higienização bucal, pois as bactérias que residem na boca conseguem se acumular nos dentes em uma película pegajosa conhecida como placa bacteriana. Quando comemos ou bebemos, as bactérias criam ácidos que dissolver a camada protetora do dente, conhecida como esmalte dentário. Sendo assim, os ácidos os minerais desta camada, e a falta de tratamento resulta na cárie.

As cáries reforçam a importância da profilaxia, pois ela consegue permitir com que essa placa bacteriana seja destruída, além de devolver os minerais perdidos na boca por meio da aplicação de flúor. Ao fazer a limpeza dentária de 6 em 6 meses, a criança possui menos chances de ter cáries, deixando os dentes muito mais saudáveis.

Mas, além da profilaxia, alguns cuidados diários devem ser tomados para que as cáries não venham a aparecer. Por exemplo, escovar os dentes com o uso de um creme dental com flúor, ao menos, 3 vezes ao dia, sem ignorar o uso do fio dental. Isso ajudará com que seja reduzido a quantidade de placa bacteriana na boca, além das bactérias em si. Comer alimentos muito açucarados ou ricos em amidos com certa frequência influencia com que a quantidade de ácidos produzidos na boca seja diminuída. Usar enxaguante bucal também é extremamente recomendado pois ajuda a reduzir os níveis de bactérias que causam a cárie.

O bruxismo no dentista infantil

O bruxismo é uma desordem funcional que faz com que a pessoa, de forma involuntária, cause um ranger ou um forte aperto nos dentes, principalmente, durante o sono. Se ao acordar a pessoa perceber que está com os músculos da mandíbulas doloridas ou com dor de cabeça, é provável que ela esteja com bruxismo.

O não tratamento dessa desordem faz com que os dentes fiquem doloridos, desgastados, e até mesmo amolecidos. Casos mais sérios conseguem fazer com que eles até sejam soltos da boca. Eventualmente, o bruxismo pode causar na destruição do tecido da gengiva e do osso circunvizinho. Ele consegue levar até mesmo à problemas que envolvem a articulação da mandíbula como, por exemplo, a ATM, conhecida como síndrome da articulação têmporo-mandibular.

Para saber se está com bruxismo, além das fortes dores de cabeça ao acordar e a dor nos músculos da mandíbula, é possível analisar outros sintomas. Por ser um hábito involuntário, não é tão fácil de descobrir se está com a desordem, por isso é válido perceber se os sintomas de dores e zumbidos no ouvido, dores no pescoço, estalos ao abrir e fechar a boca e alterações no sono estão presentes. Mas somente o dentista conseguirá fazer o diagnóstico e determinar se a origem da dor facial é causada pela desordem. Como as crianças também são alvos do bruxismo, é necessário que encaminhá-las ao dentista infantil ao menor sinal de reclamação de dores vinda da criança.

As causas para essa desordem variam entre:

  • Ansiedade;

  • Estresse;

  • Apneia;

  • Dor na garganta;

  • Dores de dente.

Para cada caso existe um tratamento específico indicado. O dentista infantil fará perguntas adequadas e a examinação dos dentes para conseguir determinar qual a causa do bruxismo, para assim, conseguir indicar o tratamento certo para o paciente. Por exemplo, casos de ansiedade e estresse geralmente são encaminhados para terapias de relaxamento, onde irão aprender um pouco mais sobre atividades diárias para relaxar, como ler um livro, fazer meditação antes de dormir, passear no parque, ouvir músicas relaxantes e etc. Além disso, aplicar uma toalha morna no lado da face costuma ajudar a relaxar os músculos doloridos devido a pressão causada pelo bruxismo.

Em outros casos, é indicado o uso de um dispositivo para dormir. Ele é feito sob medida pelo dentista infantil e ajustado nos dentes para conseguir encaixar-se perfeitamente. Esse dispositivo fornece ajuda para proteger os dentes superiores de se triturarem ao impactarem-se com os dentes inferiores. Porém, é válido ressaltar que esse método não é uma cura para o bruxismo. O paciente também pode ser encaminhado a fazer restaurações, coroas dentárias ou usar aparelhos ortodônticos. Eles ajudam na redução da "exposição" de um ou mais dentes para igualar a mordida.

Aparelhos ortodônticos

É bastante comum crianças e adolescentes usarem aparelhos ortodônticos. Hoje em dia, com o avanço da tecnologia na área da saúde, incluindo a odontológica, fez com que diversos tratamentos evoluíssem, e os aparelhos ortodônticos estão inclusos nesse meio. Eles deixaram de lado os conhecidos "sorrisos metálicos" para dar espaço à algo mais discreto, natural, leve, atraente e confortável. Além disso, eles funcionam mais rápido, não deixando com que as crianças os usem por muito tempo.

Eles são essenciais para corrigir a mordida e a estética dos dentes. E, dependendo do caso, a criança pode optar pelo aparelho ortodôntico transparente, deixando uma aparência mais discreta e menos metálica. Esse tipo de aparelho é feito de plástico, ou de um material cerâmico da cor dos dentes. Porém, em contrapartida, eles são mais caros que os aparelhos comuns e demoram um pouco mais para conquistar o resultado final.

O uso desses aparelhos ortodônticos, colocados pelo dentista infantil, podem iniciar-se a partir dos 6 ou 7 anos de idade. Nesse período, os dentes ainda estão em desenvolvimento e a mandíbula em crescimento. Isso significa que algumas condições, como apinhamento, por exemplo, podem ser mais fáceis de lidar. Eles podem ser um desafio para a criança, principalmente considerando o momento de apertá-los. Mas, os fios modernos são mais fortes e duráveis, o que significa que menos visitas ao dentista infantil serão necessárias para ajustes.

Para que esses aparelhos ortodônticos sejam bem cuidados durante o período de uso pela criança, alguns cuidados são necessários, que devem ser influenciados pelos pais. Fazer bochecho com água antes da escovação ajuda a soltar os alimentos do aparelho. Utilização do fio dental, ao menos, uma vez por dia também ajuda a soltar os restos de comida e placa na margem gengival e abaixo dela, que podem endurecer e formar tártaros. Utilizar enxaguante bucal com flúor após escovar os dentes é algo extremamente positivo pois ajuda a manter os dentes fortes e saudáveis. Além disso, é necessário consultar o dentista infantil de 6 em 6 meses, pois somente ele consegue apontar as áreas que precisam de mais atenção e ajudar a manter os dentes da criança limpes e saudáveis.

Periodontia

A periodontia também é algo que consegue afetar crianças e adolescentes a partir do momento da erupção dos dentes. Ela é a área da odontologia que trata de doenças que afetam diretamente as gengivas, que tem como função fixar os dentes aos ossos mandibular e maxilar, oferecendo suporte a arca dentária para que seja possível morder, mastigar e até mesmo falar. Os cuidados com essa área da boca devem ser sempre feitos e nunca menosprezados, pois caso alguma infecção aconteça, os problemas causados podem ser muito sérios.

Existem dois tipos de doenças periodontais que afetar a todos, não somente as crianças e adolescentes: a gengivite e a periodontite. Elas são causadas devido a falhas na higienização bucal, com riscos aumentados para pessoas fumantes ou diabéticas, e consistem no conjunto de problemas que afetam desde a gengiva até os ossos que a sustentam, incluindo inflamações e infecções na área.

A gengivite, estágio inicial da periodontite, surge devido ao acúmulo de placa bacteriana, película que se forma não só na gengiva, como nos dentes também, e que libera ácidos que causam irritações na região. Seus sintomas variam entre vermelhidão, inchaço e sensibilidade nas gengivas, mau hálito, gosto ruim na boca, formação de pus, com possibilidades de sangramento durante a escovação.

Essa doença consegue causar a retração da gengiva, que deixa os dentes com uma aparência mais alongada. Ela deve ser tratada com a profilaxia (limpeza dentária), feita pelo dentista infantil, que consegue remover toda a placa bacteriana e tártaro presentes na boca. Além disso, o dentista infantil oferece orientações ao paciente para que ele melhore consideravelmente a higienização bucal, fazendo a escovação correta dos dentes, e o uso de fio dental.

Já a periodontite é o estágio final das doenças periodontais. Ela acontece quando a gengivite não é devidamente tratada, podendo ser fatal não somente para a saúde bucal, como também para outros áreas do corpo humano. Nesse estágio, a inflamação ou infecção da gengiva consegue atingir as fibras e ossos, chegando a provar até a perda dos dentes.

Esses problemas acontecem devido a formação de bolsas na gengiva, que favorecem a destruição dos tecidos e o abscesso dentário. Se não forem tratados, os dentes começarão a ficar moles, correndo o risco de caírem, além da infecção conseguir atingir outros tecidos, como os ossos que envolvem a arcada dentária. Em casos mais extremos, ela consegue causar a endocardite, que acontece quando uma bactéria cai na corrente sanguínea, causando infecções na válvula do coração. Essa condição pode ser fatal ao paciente.

Ela é tratada da mesma forma que a gengivite, com a profilaxia (limpeza dentária). O dentista infantil irá limpar o local, retirando a placa bacteriana e tártaro, além de oferecer orientação ao paciente de melhoras na higienização bucal. O uso de antibióticos para sanar a infecção também é essencial. Nos casos mais graves, pode até mesmo ser necessário fazer uma limpeza nas bolsas mais profundas da gengiva, causando a remoção dos dentes muito comprometidos para que evite que a infecção se espalhe para outros locais.

Halitose

Halitose, como o nome já sugere, significa “mau hálito”, problema que não somente crianças, mas adultos também enfrentam eventualmente. É causada devido à má higienização bucal - escovação inadequada e falta de uso do fio dental diário -, gengivite, ingestão de alimentos como cebola ou alho, tabaco e bebidas alcóolicas, boca seca – causada por alguns medicamentos, distúrbios e devido a menor produção de saliva durante o sono-, e doenças sistêmicas, como câncer diabetes, problemas com fígados e rins.

É dito pelo dentista infantil que a melhor forma de descobrir se a pessoa está com mau hálito é cobrir a boca e nariz com a mão, exalar e sentir o hálito. Uma outra forma, um pouco mais indelicada e desconfortável, é perguntar à outra pessoa, no caso, os pais, como está seu hálito. Esse problema é comum ao acordar, devido ao resultado da menor produção de saliva durante a noite, permitindo com que ácidos e outras substâncias se deteriorem no interior da boca. Esse caso consegue ser consertado com a escovação dos dentes, língua, e uso do fio dental antes de dormir e ao se levantar.

Para prevenir a halitose, o dentista infantil indica, como já dito, a boa higienização bucal. Escovar os dentes, no mínimo, três vezes ao dia, sem esquecer do uso do fio dental, é essencial para que a saúde bucal esteja sempre em dia. Isso ajuda com que se remova a placa bacteriana e tártaro presentes na boca. Escovar a língua é algo que muitos não fazem, mas ela também merece atenção e cuidados, sendo escovada todos os dias para ajudar na diminuição de mau hálito e a prevenção de bactérias.

Se o mau hálito persistir mesmo com todos esses cuidados, o recomendado é consultar o dentista infantil, pois pode estar acontecendo um problema mais sério. Em casos como esse, o paciente pode estar com gengivite, boca seca ou excesso de placa bacteriana.

Erosão Dentária

A erosão dentária, tratada pelo dentista infantil, consiste no desgaste ou redução do esmalte dentário devido a ação de ácidos. Isso acontece quando o consumo de alimentos ácidos é feito com muita frequência, causando no desgaste do esmalte, e na exposição da dentina, que se localiza logo abaixo do dente.

Existem dois tipos de erosão dentária: intrínseca e extrínseca. A intrínseca é causada pelo ácido gástrico ou regurgitação decorrente de problemas médicos como, por exemplo, bulimia, refluxo ácido e anorexia. A extrínseca já ocorre quando os ácidos relacionados a alimentação contribuem para tornar a boca extremamente ácida. Consumo extremo de açúcar, suco de frutas e refrigerantes tendem a causar esse tipo de extração.

Os sinais desses desgastes se tornam perceptíveis a partir da descoloração dos dentes, com exposição da dentina; sensibilidade nos dentes, devido ao esmalte desgastado expor a dentina, que é mais porosa do que o esmalte, sendo mais sensível ao toque, ao ar, à força da mordida e à exposição ao ácido; e quando a ponta dos dentes frontais ganha uma aparência transparente.

A principal recomendação é consultar o dentista infantil, e analisar a frequência de ingestão de ácidos, além da forma que são consumidos. Consultar um nutricionista também pode vir a ser útil, pois ele conseguirá reavaliar a dieta e reduzir a ingestão de ácidos. Descobrir se a criança possui refluxo gástrico ou distúrbios alimentares também é essencial.

Dentista infantil de confiança

Como dito, é importante que, desde o momento da gestação, os pais comecem a procurar um dentista infantil de confiança para que, quando os tratamentos bucais começarem a ser feitos, eles estejam em mãos de alguém profissional, confiável e extremamente habilidoso. Lidar com crianças não é algo fácil, é preciso ter habilidade e bastante paciência e carisma.

Com a saúde bucal das crianças não se brinca. Elas precisam ter acompanhamento do dentista infantil desde bebês para que os dentes de leite, e posteriormente os permanentes, consigam crescer saudáveis e sem nenhuma doença. As consultas ao dentista infantil corriqueiras fazem com que os pais tenham as melhores instruções para lidar com a queda dos dentes de leite, até outros problemas mais sérios.

Regiões onde atendemos

  • Aclimação
  • Bela Vista
  • Bom Retiro
  • Brás
  • Cambuci
  • Centro
  • Consolação
  • Higienópolis
  • Glicério
  • Liberdade
  • Luz
  • Pari
  • República
  • Santa Cecília
  • Santa Efigênia
  • Vila Buarque
  • Brasilândia
  • Cachoeirinha
  • Casa Verde
  • Imirim
  • Jaçanã
  • Jardim São Paulo
  • Lauzane Paulista
  • Mandaqui
  • Santana
  • Tremembé
  • Tucuruvi
  • Vila Guilherme
  • Vila Gustavo
  • Vila Maria
  • Vila Medeiros
  • Água Branca
  • Bairro do Limão
  • Barra Funda
  • Alto da Lapa
  • Alto de Pinheiros
  • Butantã
  • Freguesia do Ó
  • Jaguaré
  • Jaraguá
  • Jardim Bonfiglioli
  • Lapa
  • Pacaembú
  • Perdizes
  • Perús
  • Pinheiros
  • Pirituba
  • Raposo Tavares
  • Rio Pequeno
  • São Domingos
  • Sumaré
  • Vila Leopoldina
  • Vila Sonia
  • Aeroporto
  • Água Funda
  • Brooklin
  • Campo Belo
  • Campo Grande
  • Campo Limpo
  • Capão Redondo
  • Cidade Ademar
  • Cidade Dutra
  • Cidade Jardim
  • Grajaú
  • Ibirapuera
  • Interlagos
  • Ipiranga
  • Itaim Bibi
  • Jabaquara
  • Jardim Ângela
  • Jardim América
  • Jardim Europa
  • Jardim Paulista
  • Jardim Paulistano
  • Jardim São Luiz
  • Jardins
  • Jockey Club
  • M'Boi Mirim
  • Moema
  • Morumbi
  • Parelheiros
  • Pedreira
  • Sacomã
  • Santo Amaro
  • Saúde
  • Socorro
  • Vila Andrade
  • Vila Mariana
  • Água Rasa
  • Anália Franco
  • Aricanduva
  • Artur Alvim
  • Belém
  • Cidade Patriarca
  • Cidade Tiradentes
  • Engenheiro Goulart
  • Ermelino Matarazzo
  • Guianazes
  • Itaim Paulista
  • Itaquera
  • Jardim Iguatemi
  • José Bonifácio
  • Moóca
  • Parque do Carmo
  • Parque São Lucas
  • Parque São Rafael
  • Penha
  • Ponte Rasa
  • São Mateus
  • São Miguel Paulista
  • Sapopemba
  • Tatuapé
  • Vila Carrão
  • Vila Curuçá
  • Vila Esperança
  • Vila Formosa
  • Vila Matilde
  • Vila Prudente
  • São Caetano do sul
  • São Bernardo do Campo
  • Santo André
  • Diadema
  • Guarulhos
  • Suzano
  • Ribeirão Pires
  • Mauá
  • Embu
  • Embu Guaçú
  • Embu das Artes
  • Itapecerica da Serra
  • Osasco
  • Barueri
  • Jandira
  • Cotia
  • Itapevi
  • Santana de Parnaíba
  • Caierias
  • Franco da Rocha
  • Taboão da Serra
  • Cajamar
  • Arujá
  • Alphaville
  • Mairiporã
  • ABC
  • ABCD
  • Bertioga
  • Cananéia
  • Caraguatatuba
  • Cubatão
  • Guarujá
  • Ilha Comprida
  • Iguape
  • Ilhabela
  • Itanhaém
  • Mongaguá
  • Riviera de São Lourenço
  • Santos
  • São Vicente
  • Praia Grande
  • Ubatuba
  • São Sebastião
  • Peruíbe

Estados onde atendemos

  • Rio de Janeiro
  • São Gonçalo
  • Duque de Caxias
  • Nova Iguaçu
  • Niterói
  • Belford Roxo
  • São João de Meriti
  • Campos dos Goytacazes
  • Petrópolis
  • Volta Redonda
  • Magé
  • Itaboraí
  • Mesquita
  • Nova Friburgo
  • Barra Mansa
  • Macaé
  • Cabo Frio
  • Nilópolis
  • Teresópolis
  • Resende
  • Belo Horizonte
  • Uberlândia
  • Contagem
  • Juiz de Fora
  • Betim
  • Montes Claros
  • Ribeirão das Neves
  • Uberaba
  • Governador Valadares
  • Ipatinga
  • Santa Luzia
  • Sete Lagoas
  • Divinópolis
  • Ibirité
  • Poços de Caldas
  • Patos de Minas
  • Teófilo Otoni
  • Sabará
  • Pouso Alegre
  • Barbacena
  • Varginha
  • Conselheiro Lafeiete
  • Araguari
  • Itabira
  • Passos
  • Serra
  • Vila Velha
  • Cariacica
  • Vitória
  • Cachoeiro de Itapemirim
  • Linhares
  • São Mateus
  • Colatina
  • Guarapari
  • Aracruz
  • Viana
  • Nova Venécia
  • Barra de São Francisco
  • Santa Maria de Jetibá
  • Castelo
  • Marataízes
  • São Gabriel da Palha
  • Domingos Martins
  • Itapemirim
  • Afonso Cláudio
  • Alegre
  • Baixo Guandu
  • Conceição da Barra
  • Guaçuí
  • Iúna
  • Jaguaré
  • Mimoso do Sul
  • Sooretama
  • Anchieta
  • Pinheiros
  • Pedro Canário
  • Bertioga
  • Caraguatatuba
  • Cubatão
  • Guarujá
  • Ilhabela
  • Itanhaém
  • Mongaguá
  • Riviera de São Lourenço
  • Santos
  • São Vicente
  • Praia Grande
  • Ubatuba
  • São Sebastião
  • Peruíbe
  • São José dos campos
  • Campinas
  • Jundiaí
  • Sorocaba
  • Indaiatuba
  • São José do Rio Preto
  • Itatiba
  • Amparo
  • Barueri
  • Ribeirão Preto
  • Marília
  • Louveira
  • Paulínia
  • Bauru
  • Valinhos
  • Bragança Paulista
  • Araraquara
  • Americana
  • Atibaia
  • Taubaté
  • Araras
  • São Carlos
  • Itupeva
  • Mendonça
  • Itu
  • Vinhedo
  • Marapoama
  • Votuporanga
  • Hortolândia
  • Araçatuba
  • Jaboticabal
  • Sertãozinho
  • Curitiba
  • Londrina
  • Maringá
  • Ponta Grossa
  • Cascavel
  • São José dos Pinhais
  • Foz do Iguaçu
  • Colombo
  • Guarapuava
  • Paranaguá
  • Araucária
  • Toledo
  • Apucarana
  • Pinhais
  • Campo Largo
  • Almirante Tamandaré
  • Umuarama
  • Paranavaí
  • Piraquara
  • Cambé
  • Sarandi
  • Fazenda Rio Grande
  • Paranavaí
  • Francisco Beltrão
  • Pato Branco
  • Cianorte
  • Telêmaco Borba
  • Castro
  • Rolândia
  • Joinville
  • Florianópolis
  • Blumenau
  • Itajaí
  • São José
  • Chapecó
  • Criciúma
  • Jaraguá do sul
  • Lages
  • Palhoça
  • Balneário Camboriú
  • Brusque
  • Tubarão
  • São Bento do Sul
  • Caçador
  • Concórdia
  • Camboriú
  • Navegantes
  • Rio do Sul
  • Araranguá
  • Gaspar
  • Biguaçu
  • Indaial
  • Mafra
  • Canoinhas
  • Itapema
  • Porto Alegre
  • Caxias do Sul
  • Pelotas
  • Canoas
  • Santa Maria
  • Gravataí
  • Viamão
  • Novo Hamburgo
  • São Leopoldo
  • Rio Grande
  • Alvorada
  • Passo Fundo
  • Sapucaia do Sul
  • Uruguaiana
  • Santa Cruz do Sul
  • Cachoeirinha
  • Bagé
  • Bento Gonçalves
  • Erechim
  • Guaíba
  • Cachoeira do Sul
  • Santana do Livramento
  • Esteio
  • Ijuí
  • Alegrete
  • Recife
  • Jaboatão dos Guararapes
  • Olinda
  • Caruaru
  • Petrolina
  • Paulista
  • Cabo de Santo Agostinho
  • Camaragibe
  • Garanhuns
  • Vitória de Santo Antão
  • Igarassu
  • São Lourenço da Mata
  • Abreu e Lima
  • Santa Cruz do Capibaribe
  • Ipojuca
  • Serra Talhada
  • Araripina
  • Gravatá
  • Carpina
  • Goiana
  • Belo Jardim
  • Arcoverde
  • Ouricuri
  • Escada
  • Pesqueira
  • Surubim
  • Palmares
  • Bezerros
  • Salvador
  • Feira de Santana
  • Vitória da Conquista
  • Camaçari
  • Itabuna
  • Juazeiro
  • Lauro de Freitas
  • Ilhéus
  • Jequié
  • Teixeira de Freitas
  • Alagoinhas
  • Barreiras
  • Porto Seguro
  • Simões Filho
  • Paulo Afonso
  • Eunápolis
  • Santo Antônio de Jesus
  • Valença
  • Candeias
  • Guanambi
  • Jacobina
  • Serrinha
  • Senhor do Bonfim
  • Dias d'Ávila
  • Luís Eduardo Magalhães
  • Itapetinga
  • Irecê
  • Campo Formoso
  • Casa Nova
  • Brumado
  • Bom Jesus da Lapa
  • Conceição do Coité
  • Itamaraju
  • Itaberaba
  • Cruz das Almas
  • Ipirá
  • Santo Amaro
  • Euclides da Cunha
  • Fortaleza
  • caucacia
  • Juazeiro do Norte
  • Maracanaú
  • Sobral
  • Crato
  • Itapipoca
  • Maranguape
  • Iguatu
  • Quixadá
  • Canindé
  • Pacajus
  • Crateús
  • Aquiraz
  • Pacatuba
  • Quixeramobim
  • São Luís
  • Imperatriz
  • São José de Ribamar
  • Timon
  • Caxias
  • Codó
  • Paço do Lumiar
  • Açailândia
  • Bacabal
  • Balsas
  • Barra do Corda
  • Teresina
  • São Raimundo Nonato
  • Parnaíba
  • Picos
  • Uruçuí
  • Floriano
  • Piripiri
  • Campo Maior
  • Goiânia
  • Aparecida de Goiânia
  • Anápolis
  • Rio Verde
  • Luziânia
  • Águas Lindas de Goiás
  • Valparaíso de Goiás
  • Trindade
  • Formosa
  • Novo Gama
  • Itumbiara
  • Senador Canedo
  • Catalão
  • Jataí
  • Planaltina
  • Caldas Novas
  • Campo Grande
  • Dourados
  • Três Lagoas
  • Corumbá
  • Ponta Porã
  • Cuiabá
  • Várzea Grande
  • Rondonópolis
  • Sinop
  • Tangará da Serra
  • Cáceres
  • Sorriso
  • Manaus
  • Parintins
  • Itacoatiara
  • Manacapuru
  • Coari
  • Centro Amazonense
  • Belém
  • Ananindeua
  • Santarém
  • Marabá
  • Castanhal
  • Parauapebas
  • Itaituba
  • Cametá
  • Bragança
  • Abaetetuba
  • Bragança
  • Marituba